Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

UMA VIAGEM AO INFERNO – 6

 

 

FACIT LUX

 

Almoçados na Sertã, rumámos a Lisboa tomando o caminho inverso ao que tomáramos na ida: IC8, A13, A23, A1.

 

Mas a luminosidade chamou-me a atenção como não chamara na ida. Horas diferentes e nuvens diferentes produzem grandes diferenças na luminosidade. Por exemplo, a luminosidade mais esplendorosa que conheço é pelas 10 da manhã de um dia primaveril em Lisboa frente à Imprensa Nacional na Rua da Escola Politécnica. Passadas as horas ditas, o esplendor desaparece; havendo nuvens pretas, o fascínio não existe.

 

Deve ter sido isso que aconteceu neste regresso. Sol conjugado com certo tipo de nuvens e a luminosidade era esplendorosa. Lembrei-me de «A vista de Delft» de Vermeer.

Vermeer-A vista de Delft.jpg

 

Mas lembrei-me sobretudo de Monet e do seu quadro «Parlamento de Londres».

 

Monet-Parlamento de Londres.jpg

 

Com a diferença fundamental de que tanto Delft como o Parlamento inglês não tiveram aqueles fogos devastadores que alguém ateou no que hoje é o nosso Inferno. Mas parece que umas jornalistas já descobriram os mandantes dos incendiários. Sim, foram umas jornalistas da TVI a fazer luz sobre um grande mistério nacional, não umas polícias.

 

Haja saúde e até à próxima.

 

Abril de 2018

26ABR18-1A.jpg

 Henrique Salles da Fonseca

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D