Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

SHALOM – 4

 

 

Já disse mas repito: segui minuto-a-minuto a guerra dos 6 dias mas a imagem que me ficou gravada foi a do reencontro dos judeus com o Muro das Lamentações junto a que eles estavam impedidos de rezar há várias gerações. Pareceu-me algo como a refundação do Estado de Israel.

 

E se nesta visita a Jerusalém me lembrei de muitas coisas, outras houve que me foram lembradas pelo nosso guia «José por um dia». Por exemplo, lembrou-nos que o Papa Paulo VI, apesar de convidado pelo rei Hussein da Jordânia[1], teve que fazer um desvio de centenas de quilómetros para visitar o Monte Sião e a sala do Cenáculo porque os muçulmanos, interpostos numas ruelas entre esses dois marcos fundamentais da cultura judaico-cristã, impediram que ele percorresse essa escassa centena de metros. Em compensação, o Papa João Paulo II conseguiu fazer a sua peregrinação sem desvios absurdos e foi ao Muro das Lamentações fazer as suas orações deixando, à maneira dos judeus, uma mensagem escrita numa das ranhuras que os séculos fizeram entre as pedras.

 

 

 

Foi nesta visita ao Muro das Lamentações que usei um quipá pela segunda vez (a primeira foi na visita que fiz à Sinagoga de Budapeste) e não me senti perturbado por o ter feito. Sobretudo quando sei que o quipá judeu tem exactamente o mesmo significado que o solidéu cristão e o cofió muçulmano: - Lembra-te homem que vais só até ao cimo da tua cabeça e que daí para cima é Deus.

 

Local de grande significado para os judeus, tinha algumas dezenas de crentes a rezar e por isso me deixei ficar um pouco para trás para ter a certeza de que os não perturbava. Estar no local, próximo do muro, foi suficiente para me lembrar de que são felizes os que têm fé, de que o imperialismo dogmático é causa de muita desavença e de que muito provavelmente a generalização da infelicidade tão insistentemente transmitida pelos telejornais resulta da perturbação de multidões infelizes por falta de fé.

 

Fisicamente estafados, saímos do recinto em direcção à porta de Sião e o autocarro rumou a Belém.

 

Abril de 2014

 

 Henrique Salles da Fonseca



[1] - Para saber mais sobre a peregrinação de Paulo VI à Terra Santa, v. p. ex. http://pt.custodia.org/default.asp?id=2048&id_n=24165

 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2004
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D