Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

PILATOS NA SUIÇA

 

Sim, refiro-me a Pôncio Pilatos, o Governador romano da Judeia, figura histórica sobre quem pouco estudei mas que fui encontrar a pág. 76 da edição portuguesa do livro de Sue Prideaux «EU SOU DINAMITE – a vida de Friedrich Nietzsche» (Círculo de Leitores, 1ª edição, Abril de 2019) donde transcrevo com algumas explicações entre parênteses:

(…) as vistas transcendentes de cada janela de Tribschen (a casa que o rei Luís da Baviera pusera à disposição de Wagner) poderiam desencadear uma inspiração sublime tanto em Wagner como em Nietzsche, independentemente de para onde olhassem. Através das janelas viradas para oeste, onde o Sol se punha, erguiam-se as neves eternas do Monte Pilatos, originalmente um [templo pagão] de dragões e duendes lendários, rebaptizado numa época posterior e cristã, com o nome de Pôncio Pilatos que, banido da Galileia após a crucificação de Cristo, fugiu para Lucerna. Aí, esmagado pelo remorso, subiu os dois mil metros até ao cume do monte (…) donde se lançou para o pequeno lago, escuro como breu, que se pode ver no sopé. Aqui vive o seu fantasma num silêncio e numa imobilidade totais. Os guias locais dir-lhe-ão [a Nietzsche] que a própria água está morta, referindo como prova o facto de a sua superfície se manter sempre imóvel e incapaz de ser agitada mesmo pelo vento forte. (…)

Monte-Pilatus.jpgDe acordo com o apócrifo "Evangelho de Nicodemos" também conhecido por “Actos de Pilatos”, a responsabilidade sobre a condenação de Jesus recai sobre os judeus e o papel de Pilatos é minimizado. Assim, na Igreja Ortodoxa e na Igreja Ortodoxa Etíope fez-se a reabilitação de Pilatos ao ponto da sua canonização pela Igreja Etíope e da canonização da sua mulher, Santa Prócula, por ambas as ditas Igrejas.

Para saber mais, ver por exemplo em

https://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3%B4ncio_Pilatos

* * *

A título de mera curiosidade, finalmente percebi a razão de ser do nome «Pilatos» da marca dos aviões suíços fabricados em Alverca.

Julho de 2019

Henrique Salles da Fonseca

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2004
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D