Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A bem da Nação

PERU – 3

 

POR SUPUESTO

 

- Juan, for favor, fale-nos dos movimentos terroristas aqui no Peru.

- Si, por supuesto, lo haré!

Foram dois os «Juans» (nomes falsos que atribuo aos guias que nos elucidavam sobre tudo o que víamos, sobre a História, religiões, etc.) a quem pedi que nos falassem sobre o cenário político e de segurança, foram dois os que me responderam «por supuesto» e foram dois os que nada disseram. Pelos vistos, o tema não é confortável nem sequer em ambientes fechados como o do grupo de turistas em que nos integrávamos.

E, de facto, com tantos temas interessantes à disposição, para quê abordar assuntos que se podem revelar incómodos?

Lembro-me de no final dos anos 60 do século passado, um conhecido meu dizer que em determinado país da América Latina (Colômbia?) em que ele trabalhava como perito agrário, havia 46 Partidos políticos em que apenas um não se denominava revolucionário: o Comunista. E sugeria esse meu conhecido que ninguém se metesse num avião em que viajasse algum Ministro.

Pois é, Caros Leitores, a América Latina tem os seus quês. Pelos vistos, ainda hoje.

No Peru, tudo o que consegui apurar é que estão presos dois ex-Presidentes por aboletamento de dinheiros públicos (Alberto Fujimori e Alejandro Toledo) e vários dirigentes terroristas por razões óbvias. Por motivos que não apurei, apenas constatei que toda essa rapaziada de trato mais ou menos fino, se encontra no mesmo estabelecimento prisional. Talvez que para mais eficaz troca de saberes e de experiências feitas. Por certo, sairão de lá uns malfeitores ecléticos de altíssimo gabarito e à prova de todas as circunstâncias. Vai ser bonito…!!!

Duas particularidades: o «empochamento» de Fujimori terá ultrapassado os 6 biliões de dólares, os quais se encontram em parte incerta pelo que o Erário peruano ainda não conseguiu deitar-lhe a mão; os dirigentes terroristas (do «Sendero Luminoso» e do «Túpac Amaru») já fizeram saber que não estão arrependidos e que as suas críticas se mantêm. Repito: - Vai ser bonito…!!!

Kuczynski_Pedro_Pablo.jpg

 

Actualmente, o Peru é presidido por Pedro Pablo Kuczynski, economista e ex-primeiro ministro de tendência centro-direita. Note-se que conquistou a presidência derrotando Keiko Fujimori, a herdeira dos tais 6 biliões que ela deve saber onde estão. E porque a oposição (a do gamanço) tem a maioria nas Câmaras legislativas e não o deixa governar completamente, consagrou solenemente o Peru, ele mesmo e sua família, ao Sagrado Coração de Jesus e ao Imaculado Coração de Maria como quem diz que a situação política só verá a sanidade com a ajuda divina.

«Por supuesto», todos os peruanos com quem falei me disseram bem dele na sua condição de competência e seriedade.

«Por supuesto», gostei do que ouvi. Até porque somos colegas de profissão. Com duas diferenças fundamentais: ele está ao activo e eu estou aposentado; ele é Presidente do Peru e eu não.

 

Outubro de 2017

Barranco, Lima, Peru, 12 de Outubro de 2017.jpg

 Henrique Salles da Fonseca

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2007
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2006
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2005
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
  235. 2004
  236. J
  237. F
  238. M
  239. A
  240. M
  241. J
  242. J
  243. A
  244. S
  245. O
  246. N
  247. D