Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

NÓS, OS FILHOS DOS VENTOS CÁLIDOS – 5

Axioma – afirmação que, por evidente, não carece de demonstração.

* * *

“Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade.”

Artº 1º da Declaração Universal dos Direitos Humanos, ONU, Dezembro de 1948

* * *

Eis o que para nós, os filhos dos ventos cálidos, é um axioma mas que só foi aprovado já eu tinha 3 anos de idade.

E tanta tropelia sofreu a Humanidade às mãos dos algozes para, afinal, chegar a algo tão evidente que até Portugal, tão conservador, o ratificou ab initio.

Sem dúvida, os meus pais estavam no caminho da História da Humanidade e o Governo Português, convicto ou para agradar ao mundo, concordou.

Estou convencido de que os meus colegas de liceu se enquadravam em parâmetros iguais ou, pelo menos, muito semelhantes aos meus. Mas, assim como na minha família nos pautávamos por uma clara moderação, outros haveria que “navegavam” por águas mais agitadas.

Território francês, o “Charles Lepierre” era refúgio para quem se sentia incomodado pela figura tutelar do Regime, para quem se situava no fio da navalha da vigilância política, para os professores que não tinham jurado fidelidade a Salazar.

Cenário certamente diferente dos que vigorariam no “St. Julian’s”, o colégio inglês em Carcavelos ou na “Deutsche Schule” na Rua do Passadiço.

Todos estrangeirados? Uns sim, outros seriam apenas refugiados em terra própria, outros ainda só eram ricos cujos pais achavam chique ter os filhos a estudar no estrangeiro cá dentro. Mas ricos, menos ricos ou apenas remediados, nós criámos um ambiente de pluralidade, de claro cosmopolitismo, algo inédito até então. O contrário do monolitismo do figurino oficial do ensino do Estado Novo destinado a formar cidadãos mansos, o que nós não fomos e ainda hoje não somos.

(continua)

Maio de 2019

Henrique Salles da Fonseca

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2004
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D