Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

MENSAGEM AOS ESTRATEGAS

 

 

Em 4 de Outubro, o meu voto na Coligação foi claro e positivo para confirmar as políticas em curso de redução do défice das contas públicas, de reequilíbrio das relações com o exterior, de substituição do modelo gastador que nos conduziu à ruína por um modelo de verdadeiro desenvolvimento assente na produção de bens e serviços transaccionáveis.

 

O meu voto foi sempre – e em 4 de Outubro também – contra a demagogia, o hedonismo, os jogos de bastidores e a superficialidade. O meu voto foi e continuará a ser a favor de políticas transparentes com efeitos na afirmação da nossa autonomia em relação a dependências externas e na dignidade individual em contraponto com o paternalismo estatal.

 

Se uma maioria espúria de votos parlamentares impedir agora a existência de um nosso Governo pleno, os estrategas da minha Coligação que preconizam a desistência da governação em gestão correm o risco de eu me sentir traído e abandonado a experiências esquerdistas que muito provavelmente serão fracturantes. E, então, se eu perder a confiança nos dirigentes da minha Coligação, muito provavelmente sentirei necessidade de mudar de estrategas, não de políticas.

 

Não votei para agora estar submetido a jogos de bastidores nem a amuos.

 

A Coligação em que votei ganhou inequivocamente as eleições de 4 de Outubro, a Coligação tem a obrigação de governar.

 

Lisboa, 28 de Outubro de 2015

 

De Denang para Hué.JPG

Henrique Salles da Fonseca

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2004
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D