Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

MARXISMO

 

Karl Marx.png

 

INVIDIA

 

Fez há pouco (5 de Maio) 200 anos que Karl Marx nasceu. O marxismo é muito mais recente mas a inveja é muito mais antiga.

 

Uma das tónicas mais badaladas da filosofia marxista tem a ver com a apropriação patronal da mais valia do trabalho. Os marxistas infernizam esta apropriação e afirmam que os patrões roubam os trabalhadores pois não os remuneram pelo valor total do contributo laboral. Mais: quando os ganhos de produtividade são obtidos à custa de equipamentos, os marxistas também querem ser pagos por esses ganhos; e, de preferência, querem os ganhos todos.

 

Ora, se os empresários não obtiverem receitas superiores ao custo dos factores de produção, deixam de ter saldos positivos na exploração do negócio a que deitaram mãos e ficam privados da poupança cuja mobilização (total ou parcial) assegura o investimento futuro. Ou seja, só há investimento quando, antes, houve lucros; dos prejuízos não resultam verbas que financiem o investimento.

 

Só com investimento é que há progresso, só com lucros é que há investimento. Mas os marxistas insistem em querer o bolo todo.

 

O colapso dos regimes comunistas europeus resultou também, se não sobretudo, desta falácia marxista, já para não referir esse crime contra a Humanidade que é a apologia da ditadura. Neste caso, a do proletariado. Mas isto é tudo o mesmo e já os romanos lhe chamavam «vetus invidia», a velha inveja.

 

Maio de 2018

Sidney 1.jpg

Henrique Salles da Fonseca

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2004
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D