Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

LIDO COM INTERESSE – 89

HISTÓRIA DE UM CANALHA.jpg

Título – “HISTÓRIA DE UM CANALHA

Júlia Navarro.jpg

Autora – Júlia Navarro

Tradutores – Rita Custódio e Alex Tarradellas

Editora – BERTRAND EDITORA

Edição – 1ª, Outubro de 2016

 

* * *

 

Foi ao longo da leitura deste livro que dei por mim a lembrar-me do medo que em criança me fazia o «Comboio Fantasma» na Feira Popular de Lisboa. Só que agora tenho quase 74 anos e, mesmo assim, saltei um capítulo apenas encetado por total incapacidade de continuar a absorver tanta maldade e, mais à frente, deixei o livro no local em que o estava a ler e fugi para outra parte da minha própria casa. Só voltei a pegar-lhe depois de respirar fundo e de tomar consciência da infantilidade em que estava a incorrer.

 

Não me lembro de ter lido qualquer outra obra de ficção com enredo tão pesado como o desta. Julgo mesmo que nem sequer Edgar Alan Poe é tão medonho.

 

Da contracapa, transcrevo:

 

Thomas Spencer sabe como conseguir tudo o que quer. A saúde delicada foi o preço que teve de pagar pelo seu estilo de vida, embora não se arrependa. No entanto, desde o seu último episódio cardíaco, apoderou-se dele um sentimento estranho e, na solidão do seu luxuoso apartamento em Brooklyn, sucedem-se as noites em que não pode deixar de se perguntar como seria a vida que conscientemente optou por não viver.

A memória dos momentos que o levaram a ter sucesso como consultor de relações-públicas e imagem, entre Londres e Nova Iorque nos anos oitenta e noventa, revela os mecanismos dúbios que os centros de poder por vezes empregam para alcançar os seus fins. Um mundo hostil governado por homens onde as mulheres resistem a ter um papel secundário.

 

Estranhará o meu leitor que inclua esta apreciação na rúbrica «LIDO COM INTERESSE» e não numa a que poderia chamar «LIDO COM PAVOR» mas acho que, por muito boa literatura que esta seja (e é), não se justificaria abrir nova secção na minha biblioteca porque não estou na disposição a voltar a ler qualquer outro livro que me incomode.

 

Resta-me uma questão para que ainda não encontrei resposta: qual o objectivo moral, ético, político, enfim, social, que levou Júlia Navarro a fazer publicar esta história?

 

Meu comentário final: IRRA!

 

Fevereiro de 2019

Rua mais estreita de Estocolmo.JPG

Henrique Salles da Fonseca

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2010
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2009
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2008
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2007
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2006
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
  235. 2005
  236. J
  237. F
  238. M
  239. A
  240. M
  241. J
  242. J
  243. A
  244. S
  245. O
  246. N
  247. D
  248. 2004
  249. J
  250. F
  251. M
  252. A
  253. M
  254. J
  255. J
  256. A
  257. S
  258. O
  259. N
  260. D