Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

JOGO DE CADEIRAS

LESO-Jogo de cadeiras.jpg

Da esquerda para a direita: Mendes Cabeçadas, Oliveira Salazar, Mendes dos Remédios, Manuel Rodrigues e Vicente de Freitas

 

Já ninguém se lembra ou sabe disso, mas há 90 anos teve início um jogo de cadeiras que iria decidir o futuro da Nação para o próximo meio século. Em 28 de Maio o marechal Gomes da Costa, (que tinha comandado o Corpo Expedicionário do Exército português, em França, durante a I Guerra Mundial) envergou a sua farda e "com o incondicional apoio da oficialidade do Exército e cinco milreis no bolso", iniciou em Braga uma marcha sobre Lisboa - que efectuou de comboio - e, aqui chegado, depôs o Governo em exercício, encerrou o Parlamento e aprisionou Bernardino Machado, Presidente da moribunda República.

 

No caminho, em Santarém, o marechal pactuara com o comandante (mais tarde almirante) Mendes Cabeçadas, figura que inspirava confiança aos círculos afectos à Maçonaria, a quem convidou para formar governo. Entretanto enviou mensageiros a Coimbra para convidar 3 professores ligados ao Centro da Democracia Cristã a participar no novo Governo: Mendes dos Remédios (Educação), Manuel Rodrigues (Justiça) e Oliveira Salazar (Finanças).

 

A foto junta (que encontrei no arquivo pessoal de meu pai, oficial de Marinha que serviu sob as ordens de Mendes Cabeçadas) documenta a conversa no Palácio da Ajuda, em 4 de Junho, entre os professores e o comandante Cabeçadas (de costas, em conversa com Salazar). Note-se que as botas eram de rigor.

 

Foi aqui e então que começou o jogo do empurra: Salazar não chegou a acordo com Cabeçadas e voltou para Coimbra, onde Mendes dos Remédios o iria repescar em 10 de Junho. Foi pois o último a entrar. Cabeçadas foi o primeiro a saltar fora, convidado a sair por Gomes da Costa "a pedido dos jovens tenentes do Exército".

 

Isto aconteceu em 17 de Junho. Só então Salazar tornou publica a sua adesão. A segunda vítima foi o próprio marechal deposto pelos mesmos tenentes em 9 de Julho seguinte. Este foi exilado para os Açores. No seguimento, o General Carmona, então Ministro dos Estrangeiros, assumiu a Presidência que conservaria até à sua morte (1951).

 

O novo Presidente fez constar que não prescindia da presença de Oliveira Salazar no governo. Salazar foi deposto por doença em 27 de Setembro de 1968.

 

Verificou-se pois que o último a entrar – o que não mostrou pressa - foi o que durou mais tempo.

 

28 de Maio de 2016

 

Luís Soares de Oliveira.jpg

Luís Soares de Oliveira

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D