Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

GUESS THE CHESS

 

 

  • Se os EUA tributarem as suas importações da China (RP), ficando lá as empresas ocidentais necessárias ao abastecimento dos mercados asiáticos, o sorriso regressa a Detroit.
  • Se o Ocidente assegurar a defesa de Taiwan, a China (RP) não absorverá a pequena ilha porque sabe que as suas próprias Forças Armadas mais não são do que uma fachada de majorettes para impressionar o mundo pelo número e para cumprir a política marxista do pleno emprego.
  • Se os EUA mantiverem a actual autonomia energética, a Líbia poderá regressar à paz sob a égide do Marechal Kalifa, a ENI integrar-se-á nos interesses do novo Estado Líbio, a Máfia italiana sofrerá um rude golpe a Irmandade Muçulmana abandonará Trípoli e a invasão muçulmana da Europa sofrerá um golpe; a Total manterá a aposta no «cavalo certo».
  • Se o Ocidente apostar na constituição do Kurdistão limitado ao norte da Síria e do Iraque (sem bular com a Turquia nem com o Irão), a paz regressará a toda a região e os Petrodólares poderão voltar a fluir.
  • Se o Ocidente se deixar de «arabices primaveris» e ajudar os militares a constituírem regimes laicos, a revolução muçulmana poderá finalmente assumir a grande vocação feminina que há tanto tempo espera por algum incentivo.
  • Se o Ocidente reconhecer a Crimeia como território genuinamente russo, Putin poderá então dedicar-se mais plenamente ao combate à Máfia que o atropela tanto a ele como a toda a Rússia e a própria transparência dos mercados internacionais.

 

Resta saber se saberemos viver num mundo em que

  • A Rússia deixe de estar encharcada em wodka
  • A mulher muçulmana assuma finalmente um papel de dignidade mínina
  • O Brasil deixe de ser terra de gatunos
  • A China (RP) se revele como o bluff que tem sido.

 

Maio de 2019

Henrique Salles da Fonseca

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D