Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

ESCRITORES QUASE ESQUECIDOS - 6

MENINO JESUS DA MINHA COR

Menino Jesus, Timor Leste

Meu Natal Timor,

Meu primeiro Natal.

Quantos anos tinha?

Nunca o soube ao certo.

 

Minha Mãe-Menina

Fez-me o seu presépio:

Uma encosta arrancada ao Ramelau [1]

Com uma gruta ausente

Cheia de Maromak [2]

E perfume de coco.

Um búfalo e um kuda [3]

E o bafo quente dos seus pulmões.

E um menino sobre a palha de arroz

E folhas de cafeeiro.

 

Um menino branco

Igual aos que chegavam de longe.

- Ínan [4], quem é?

- É o Maromak-Filho [5] e teu irmão!

E eu recuei, porque via no berço

Um menino rosado,

Um menino branco

Igual aos que chegavam de longe.

- Ele é, mais do que todos, teu irmão...

- Mas como pode ser um meu irmão?

- É teu irmão: firma-lhe bem os teus olhos, meu amor!

E eu, obedecendo,

Firmei-me todo n’Ele.

E vejo-O desde então

Também da minha cor!

 

Fernando Sylvan.png

Fernando Sylvan

[1] - Monte Ramelau – a montanha mais alta de Timor

[2] - Maromak - Deus

[3] - Kuda - Cavalo

[4] - Ínan - Mãe

[5] - Maromak-Filho – Deus menino

 

* * *

 

Fernando Sylvan (pseudónimo de Abílio Leopoldo Motta Ferreira) nasceu em Díli, Timor-Leste, em 26 de Agosto de 1917.

Foi presidente da Sociedade de Língua Portuguesa durante duas décadas.

Participante ativo na Resistência Timorense.

Foi poeta, prosador, dramaturgo e ensaísta.

Morreu em 25 de Dezembro de 1993, em Cascais, Portugal, onde morou grande parte da sua vida.

Para saber mais, ver em https://pt.wikipedia.org/wiki/Fernando_Sylvan

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2004
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D