Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

AÍNDA SCHÄUBLE

 

Schäuble.png

 

SEIS FRASES LAPIDARES SOBRE PORTUGAL

 

O ministro das Finanças alemão criticou o Governo de António Costa.

  1. Schäuble, afirmou recentemente que "Portugal vinha tendo muito sucesso até [à chegada] de um novo Governo”.

 

Esta não é a primeira frase polémica do ministro sobre a política financeira do Governo de Costa e sobre as contas de Portugal.

 

A Rádio Renascença recolheu e eu subscrevo algumas dessas frases:

  1. "Portugal vinha tendo muito sucesso até [à chegada] de um novo Governo. (...) Está a acontecer da forma como eu avisei o meu colega português [Mário Centeno] porque eu disse-lhe que se seguirem esse caminho vão tomar um grande risco e eu não tomaria esse risco”. Conferência em Bucareste, na Roménia, a 26 de Outubro de 2016
  2. “[Mário Centeno] sabe que Portugal tem de fazer tudo o que está ao seu alcance para contrariar as inseguranças nos mercados financeiros. Porque, naturalmente, sabe que Portugal estava no bom caminho. Mas este bom caminho ainda não permite a Portugal estar bem. É este o ponto da situação. Trata-se apenas do desejo de não voltar a ter de novo os problemas que existiam há alguns anos em Portugal". Conferência de imprensa que se seguiu à reunião do Conselho de Assuntos Económicos e Financeiros (Ecofin), em Bruxelas, a 12 de Fevereiro de 2016
  3. “Portugal deve estar ciente de que pode perturbar os mercados financeiros, se der impressão de que está a inverter o caminho que tem percorrido. O que será muito delicado e perigoso para Portugal”. Declaração feita à entrada da reunião do Eurogrupo, a 11 de Fevereiro de 2016
  4. “Portugal irá cometer um enorme erro se não cumprir o que foi acordado. Os portugueses não querem um novo pacote de resgate e não precisam dele se cumprir as regras e os compromissos europeus”. Conferência de imprensa em Berlim, a 29 de Junho de 2016
  5. “Naturalmente tivemos um debate entre os ministros sobre se é inteligente tomar esta decisão no contexto do referendo britânico, mas eu e outros dissemos que era muito importante que as regras europeias se apliquem. Deseja-se incentivar e evitar incentivos erróneos para que os países actuem e façam o que têm de fazer.” Conferência de imprensa após a reunião dos ministros das Finanças da União Europeia, a 12 de Julho de 2016

 

E para que não restem dúvidas, repito que subscrevo as afirmações de Schäuble.

 

28OUT16

Henrique no barco-Israel.JPG

Henrique Salles da Fonseca

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D