Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

CURIOSIDADE HISTÓRICA

 Descrição da imagem

 

O Concílio de Trento reuniu em três períodos distintos: o primeiro, entre 1545 e 1547; o segundo, entre 1551 e 1552; o terceiro, entre 1562 e 1563. Para além destes interregnos, teve igualmente a particularidade de reunir também em Bolonha. Mas continuou a ser denominado de Trento.

 

Foi de França que partiu o empenho na abertura do terceiro período pois que se nos dois anteriores se tratara da Reforma Luterana, havia agora que debater todas as questões colocadas por João Calvino as quais estavam então a encorajar a apostasia da Nação francesa.

 

Na inauguração oficial da terceira abertura (18 de Janeiro de 1562) compareceram 114 prelados definidores (com direito de voto) e 53 teólogos, números nunca vistos nas sessões anteriores.

 

Frei_Bartholomeu_Martyres

 

Em representação de Portugal, participaram activamente nos trabalhos o Arcebispo de Braga, D. Fr. Bartolomeu dos Mártires, o Bispo de Coimbra, D. Fr. João Soares e o Bispo de Leiria, D. Fr. Gaspar do Casal.

 

Debates renhidos ficaram a pontuar as Actas das sessões mas é Fr. Luís de Sousa que atribui a D. Fr. Bartolomeu dos Mártires a frase: Os Ilustríssimos e Reverendíssimos Cardeais precisam duma ilustríssima e reverendíssima reforma!

 

Sim, nem toda a História é sorumbática e massuda.

 

Julho de 2013

 

  Henrique Salles da Fonseca

 

BIBLIOGRAFIA:

«O CONCÍLIO DE TRENTO», José Vaz de Carvalho SJ, in BROTÉRIA – Maio/Junho de 2013, pág. 498 e seg.

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2004
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D