Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

A Beleza do neo-latim lusitano...

 
...enaltecida pelo insigne poeta THOMÁS RIBEIRO (1831-1901) em "D. Jayme"
FLORES D'ALMA
 

 
As flores d'alma que se alteiam belas,
puras, singelas, orvalhadas, vivas,
têm mais aromas, e são mais formosas,
que as pobres rosas num jardim cativas.
 
Sol benfazejo lhes aquece a rama,
lúcida chama, sem o ardor que mata;
banham-lhe as hastes, retratando as frontes,
límpidas fontes em ramais de prata.
 

 
Que amenidade! nos vergéis suaves,
cantam as aves, sem cessar, amores.
Se há céu na terra, se ventura há nela,
d'alma singela se achará nas flores.

 
 
Filhas das crenças, como as crenças puras,
de mil venturas mensageiras belas,
se o vento um dia lhes soprar e as corte,
Deus! dá-me a sorte de morrer com elas.

 
 
Ao ermo embora, a divagar sozinho,
corra o mesquinho por amor traído,
quando o remorso lhe não turbe a calma,
nas flores d'alma há de encontrar olvido.
 

 
Náufrago lasso a sossobrar nas vagas,
sem ver as plagas em que almeja um porto,
embora o matem cruciantes dores,
d'alma nas flores achará conforto.

 
 
O pobre monge, que, de pé descalço
dum mundo falso os areais percorre,
quando lhe entregam do martírio a palma,
às flores d'alma se encomenda, e morre.

 
 
As flores d'alma são belas,
mesmo sem terem cultura;
não há silveiras entre elas,
nem goivos de sepultura.

 
 
Têm uma só primavera
estes amenos rosais,
uma só; -- ninguém pudera
reverdecê-los jamais,
ou quando os congele o frio,
ou quando os queime o tufão,
nas chamas dum desvario,
na campa duma paixão.
 

 
Quando às tormentas da vida
em que alma e corpo abismara,
refoge o gasto suicida,
o tiro que ele dispara
com fria, gelada calma,
tem por bucha as  folhas secas
das mirradas flores d'alma.
 

Selecção de
Joaquim Reis

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2004
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D