Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

ACUDAM !

 

CUBANIZAÇÃO do BRASIL !

 

Ano da Graça de 1384. “Acudam ao Mestre que l’o querem matar!”

 

Assim começa a história da Dinastia de Aviz, em Portugal! A este chamado de Álvaro Paes o povo de Lisboa acudiu e aclamou D. João, Mestre de Aviz, como regedor e defensor do Reino, e a seguir Rei de Portugal.

 

Livrou-se assim o país da traição que a Raínha D. Leonor Teles estava prestes a cometer, permitindo que Castela entrasse e absorvesse Portugal. A sua única filha era casada com o Rei de Castela!

 

Inúmeras vezes tenho afirmado o quanto é bom o povo brasileiro. Está na hora de se unir e não permitir que lhe matem a, agora, frágil democracia! Amável que só ele, o povo, a quem os “podres”, perdão, os “poderes”, têm mantido em violenta segregação, enganando-o com promessas e ilusões sem na verdade o educarem e instruirem. Criam leis em cima de leis, tudo para levar o país a uma cubanização, ou tipo Venezuela, ou Equador ou até como a desgraçada Argentina, enfim, para que o famigerado pt possa continuar a governar-se.

 

Não se governa o Brasil desde que o pt tomou conta das contas do país. Mas os “poderes” têm-se governado à farta.

 

Roubaram, continuam a roubar, e uma parte da justiça, além de lenta parece ser altamente corrupta ou passiva.

 

Assistimos durante meses ao julgamento do ano, aliás do século, talvez mesmo da história do país, o famoso Mensalão. O povo aplaudiu o Presidente do Supremo, Joaquim Barbosa, que se portou de forma impecável. E os ladrões, os mais influentes elementos do pt foram condenados.

 

Mas...

 

Condenados foram, o pt irritou-se, os “ofendidos” insultaram o Presidente do STF, e agora surge mais um ataque inadmissível: o pt, apresentou ao congresso, que domina, uma proposta para submeter ao congresso as decisões da justiça!!! E já recebeu a aprovação da anedoticamente chamada “CCJ”, “comissão de constituição e justiça”! Será é o nicho dos “Condenados pela Constituição e pela Justiça”!

 

Como é de calcular a proposta foi aprovada quando no plenário estavam somente 20 deputados, quando o total é de 513!

 

Cubanização! Stalinismo!

 

Os orgãos de informação já chamam a esta covardissima manobra de “Brincando de desmontar a ordem institucional” e continua “Uma proposta “aloprada” da CCJ da câmara deixa à mostra a leviandade com que certos projetos são arquitetados.”!

 

O Brasil já esteve tão perto de ser uma democracia consolidada e respeitada! Agora parece querer caminhar a passos largos para uma ditadura, não proletariado, mas do “ladroáriado”!

 

Não admira que se vivam momentos de tamanha gravidade; tanto o presidente do senado, quanto o da câmara dos deputados, são ambos réus condenados pela justiça, amigos íntimos do ex-atual-presidente e da dona presidenta!

 

Largar da mão lugares de tamanha importância e responsabilidade, não largam de jeito nenhum e ainda são apoiados pelos restantes comparsas! O autor da proposta, um suplente, agora grita que se deve o Exército para prender os juizes do Supremo! Não estão loucos, não. Os olhos estão raiados de ganância e raiva.

 

E o povo, redil de cordeiros mansos, vai deixando os lobos famintos usarem e abusarem, e ainda aplaude o desempenho da dona presidenta, que não tem a menor noção do que seja conduzir um país.

 

Outra pedra no sapato dos pt’istas é a liberdade de imprensa. Há anos que estudam um método de impôr o silêncio a quem os pode vigiar! Gastam fortunas com alguns órgãos de informação – jornais, rádios e Tv, fora os dos governos – para esconderem casos e mais casos de descaso e banditismo!

 

E ainda há universidades que conferem aos que desonram o país a honra de Honoris Causa, em honra de quê?

 

Se por um acaso a dona presidenta e o vice estiverem impedidos de presidir – viagem, acidente, doença, etc. – já imaginaram o que seria o Brasil ser representado pelos presidentes da camara federal ou do senado, ambos com cadastro e penalidades condenados pela justiça.

 

Que país é este?

 

O livro “Sobre el Cielo y la Tierra” escrito pelo Cardeal Bergoglio, hoje o admirado Papa Francisco, em conjunto com o seu amigo, o Rabino Abraham Skorka, dá-nos algumas máximas que se podem aplicar ao sem vergonhismo que por aqui reina.

 

- “Cuidado, afasta-te de todo aquele que pretende conquistar o teu coração e ter-te em sua mão dominando a tua mente e a tua vontade. (Rabino)

- Se fazes espectáculo do teu poder não és um verdadeiro lider, mas uma mentira. (Rabino)

- As massas sonham com salvadores que hão-de resolver todos os seus problemas e angustias, feitos utilizados por génios do mal que seduzem, conquistam as suas mentes e corações para conduzi-las a seu belprazer. (Cardeal)

- A única defesa para que o público não permita uma liderança nefasta é a educação. (Cardeal)

- Um país é um território; a nação, uma estrutura, jurídico-social para se ordenar, e a pátria um legado do passado. (Rabino)

- Se uma pessoa aguenta sem lutar pelos seus direitos pensando no Paraíso, efectivamente está debaixo dos efeitos do ópio! E diz o Talmud que no futuro o homem terá de dar explicações por todos os belos frutos que viu e não provou.

- Os céus são os céus do Senhor, e a Terra foi dada aos homens. Tem que se procurar viver sempre em equilibrio; se saímos desse equilibrio, estamos perdidos.

- Uma das teses básicas que aparecem nas sagradas escrituras é que não pode haver uma estrutura de sociedade, de povo, de nação – incluindo o Estado – que não tenha uma forte componente ética.

 

 

Ao ler e meditar sobre estas passagens a mente baralha-se ao ver tamanha demagogia, tanta mentira, nos shows pré e post eleitorais, deixando o povo inculto pasmado perante um enganador, um falso messias, sem conseguir lutar pelos seus direitos e até por alimentos, sabendo-se que o Brasil exporta milhões de toneladas de alimentos e uns 13 milhões de brasileiros ainda passam fome, porque não se criam condições de dignidade, trabalho e se distribuem esmolas para comprar votos.

 

Por fim: onde está a ética? Que ética? Vêm-se ministros, deputados, senadores, governadores, etc. numa porcentagem elevadissima, condenados na justiça por crimes de toda a ordem, mas que conseguem adiar o andamento dos processos até que prescrevem. Outros há que condenados a 10, 20 e mais anos de cadeia continuam a “representar” o povo na câmara dos deputados.

 

O povo está sob o efeito do ópio da incultura.

 

Para, se, um dia chegar a ser um país de equilibrio social e ético, não vale a pena fingirmos que pouco falta.

 

Falta muito. A educação de pais para filhos, o exemplo de honestidade, de ética, o sacrifício de representar o povo nas assembleias e não fazer disso um modo de rápido enriquecimento... vai ter que esperar ainda mais um século? Infelizmente, talvez.

 

Rio de Janeiro, 27/04/2014

 

 Francisco Gomes de Amorim

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D