Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A bem da Nação

ACUDAM !

 

CUBANIZAÇÃO do BRASIL !

 

Ano da Graça de 1384. “Acudam ao Mestre que l’o querem matar!”

 

Assim começa a história da Dinastia de Aviz, em Portugal! A este chamado de Álvaro Paes o povo de Lisboa acudiu e aclamou D. João, Mestre de Aviz, como regedor e defensor do Reino, e a seguir Rei de Portugal.

 

Livrou-se assim o país da traição que a Raínha D. Leonor Teles estava prestes a cometer, permitindo que Castela entrasse e absorvesse Portugal. A sua única filha era casada com o Rei de Castela!

 

Inúmeras vezes tenho afirmado o quanto é bom o povo brasileiro. Está na hora de se unir e não permitir que lhe matem a, agora, frágil democracia! Amável que só ele, o povo, a quem os “podres”, perdão, os “poderes”, têm mantido em violenta segregação, enganando-o com promessas e ilusões sem na verdade o educarem e instruirem. Criam leis em cima de leis, tudo para levar o país a uma cubanização, ou tipo Venezuela, ou Equador ou até como a desgraçada Argentina, enfim, para que o famigerado pt possa continuar a governar-se.

 

Não se governa o Brasil desde que o pt tomou conta das contas do país. Mas os “poderes” têm-se governado à farta.

 

Roubaram, continuam a roubar, e uma parte da justiça, além de lenta parece ser altamente corrupta ou passiva.

 

Assistimos durante meses ao julgamento do ano, aliás do século, talvez mesmo da história do país, o famoso Mensalão. O povo aplaudiu o Presidente do Supremo, Joaquim Barbosa, que se portou de forma impecável. E os ladrões, os mais influentes elementos do pt foram condenados.

 

Mas...

 

Condenados foram, o pt irritou-se, os “ofendidos” insultaram o Presidente do STF, e agora surge mais um ataque inadmissível: o pt, apresentou ao congresso, que domina, uma proposta para submeter ao congresso as decisões da justiça!!! E já recebeu a aprovação da anedoticamente chamada “CCJ”, “comissão de constituição e justiça”! Será é o nicho dos “Condenados pela Constituição e pela Justiça”!

 

Como é de calcular a proposta foi aprovada quando no plenário estavam somente 20 deputados, quando o total é de 513!

 

Cubanização! Stalinismo!

 

Os orgãos de informação já chamam a esta covardissima manobra de “Brincando de desmontar a ordem institucional” e continua “Uma proposta “aloprada” da CCJ da câmara deixa à mostra a leviandade com que certos projetos são arquitetados.”!

 

O Brasil já esteve tão perto de ser uma democracia consolidada e respeitada! Agora parece querer caminhar a passos largos para uma ditadura, não proletariado, mas do “ladroáriado”!

 

Não admira que se vivam momentos de tamanha gravidade; tanto o presidente do senado, quanto o da câmara dos deputados, são ambos réus condenados pela justiça, amigos íntimos do ex-atual-presidente e da dona presidenta!

 

Largar da mão lugares de tamanha importância e responsabilidade, não largam de jeito nenhum e ainda são apoiados pelos restantes comparsas! O autor da proposta, um suplente, agora grita que se deve o Exército para prender os juizes do Supremo! Não estão loucos, não. Os olhos estão raiados de ganância e raiva.

 

E o povo, redil de cordeiros mansos, vai deixando os lobos famintos usarem e abusarem, e ainda aplaude o desempenho da dona presidenta, que não tem a menor noção do que seja conduzir um país.

 

Outra pedra no sapato dos pt’istas é a liberdade de imprensa. Há anos que estudam um método de impôr o silêncio a quem os pode vigiar! Gastam fortunas com alguns órgãos de informação – jornais, rádios e Tv, fora os dos governos – para esconderem casos e mais casos de descaso e banditismo!

 

E ainda há universidades que conferem aos que desonram o país a honra de Honoris Causa, em honra de quê?

 

Se por um acaso a dona presidenta e o vice estiverem impedidos de presidir – viagem, acidente, doença, etc. – já imaginaram o que seria o Brasil ser representado pelos presidentes da camara federal ou do senado, ambos com cadastro e penalidades condenados pela justiça.

 

Que país é este?

 

O livro “Sobre el Cielo y la Tierra” escrito pelo Cardeal Bergoglio, hoje o admirado Papa Francisco, em conjunto com o seu amigo, o Rabino Abraham Skorka, dá-nos algumas máximas que se podem aplicar ao sem vergonhismo que por aqui reina.

 

- “Cuidado, afasta-te de todo aquele que pretende conquistar o teu coração e ter-te em sua mão dominando a tua mente e a tua vontade. (Rabino)

- Se fazes espectáculo do teu poder não és um verdadeiro lider, mas uma mentira. (Rabino)

- As massas sonham com salvadores que hão-de resolver todos os seus problemas e angustias, feitos utilizados por génios do mal que seduzem, conquistam as suas mentes e corações para conduzi-las a seu belprazer. (Cardeal)

- A única defesa para que o público não permita uma liderança nefasta é a educação. (Cardeal)

- Um país é um território; a nação, uma estrutura, jurídico-social para se ordenar, e a pátria um legado do passado. (Rabino)

- Se uma pessoa aguenta sem lutar pelos seus direitos pensando no Paraíso, efectivamente está debaixo dos efeitos do ópio! E diz o Talmud que no futuro o homem terá de dar explicações por todos os belos frutos que viu e não provou.

- Os céus são os céus do Senhor, e a Terra foi dada aos homens. Tem que se procurar viver sempre em equilibrio; se saímos desse equilibrio, estamos perdidos.

- Uma das teses básicas que aparecem nas sagradas escrituras é que não pode haver uma estrutura de sociedade, de povo, de nação – incluindo o Estado – que não tenha uma forte componente ética.

 

 

Ao ler e meditar sobre estas passagens a mente baralha-se ao ver tamanha demagogia, tanta mentira, nos shows pré e post eleitorais, deixando o povo inculto pasmado perante um enganador, um falso messias, sem conseguir lutar pelos seus direitos e até por alimentos, sabendo-se que o Brasil exporta milhões de toneladas de alimentos e uns 13 milhões de brasileiros ainda passam fome, porque não se criam condições de dignidade, trabalho e se distribuem esmolas para comprar votos.

 

Por fim: onde está a ética? Que ética? Vêm-se ministros, deputados, senadores, governadores, etc. numa porcentagem elevadissima, condenados na justiça por crimes de toda a ordem, mas que conseguem adiar o andamento dos processos até que prescrevem. Outros há que condenados a 10, 20 e mais anos de cadeia continuam a “representar” o povo na câmara dos deputados.

 

O povo está sob o efeito do ópio da incultura.

 

Para, se, um dia chegar a ser um país de equilibrio social e ético, não vale a pena fingirmos que pouco falta.

 

Falta muito. A educação de pais para filhos, o exemplo de honestidade, de ética, o sacrifício de representar o povo nas assembleias e não fazer disso um modo de rápido enriquecimento... vai ter que esperar ainda mais um século? Infelizmente, talvez.

 

Rio de Janeiro, 27/04/2014

 

 Francisco Gomes de Amorim

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D