Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

Crónica de Lisboa – 5

O meu fascínio pela Índia e por tudo que lhe respeite fez com que nestas férias que agora terminaram lesse dois livros que me encantaram. O primeiro chama-se “Jesuítas e Inquisidores em Goa: a cristandade insular (1540-1682)” e é a adaptação ao comércio da tese de doutoramento da professora brasileira Célia Tavares; o segundo chama-se “Diário da Índia: 1993-1997” e é da autoria do embaixador português Marcello Duarte Mathias. Em estilos completamente diferentes e tratando de épocas tão distantes como as referidas nos respectivos títulos, dão-nos, contudo, uma ideia muito semelhante: a de que a Índia é eterna e de que o mundo gira à sua volta. Se do primeiro livro extraí muita informação da maior utilidade para a minha próxima aventura literária, já do segundo fiz uma leitura mais aligeirada porquanto o próprio estilo do autor a isso mesmo convida. E é a este que hoje me refiro. Ao Embaixador de Portugal residente em Nova Delhi compete também a representação do país no Nepal, no Bangladesh e no Sri Lanka pelo que é natural que visite regularmente aqueles países onde não reside. A representação simultânea em vários países pode não ser tarefa fácil sobretudo se entre esses vários Estados houver algum conflito de interesses mas a sabedoria diplomática lá vai limando os escolhos e alertando para que esses conflitos nada têm a ver connosco, país longínquo e hoje sem quaisquer veleidades hegemónicas na região. Temos, isso sim, um compromisso de carácter histórico perante populações que abandonámos e que, apesar de tudo, persistem na manutenção de valores que lhes incutimos em épocas remotas. A tal ponto que, por volta de 1995, numa visita que o embaixador Mathias fez ao Sri Lanka, uma velhinha que vendia roupas e lençóis no caminho para o forte português de Santa Cruz ali bem perto do farol, a sul de Colombo, o interpelou dizendo-lhe: “Fique o Senhor sabendo que nós, aqui no Sri Lanka, somos todos portugueses!”. Lisboa, Setembro de 2004 Henrique Salles da Fonseca Publicado em Panjim, Goa, no "Lusofonia-Goa", em Outubro de 2004

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D