Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

FAMÍLIA DRUMMOND

 

Origens

 

Segundo consta no Armorial Lusitano, a família Drummond é originária da Escócia. João Drummond ou João Escórcio foi para a Ilha da Madeira e lá deixou descendência que se espalhou no reino português e suas colónias. Ao que parece casou duas vezes. A primeira com Catarina Vaz de Lordelo e a segunda com Branca Afonso. Seus descendentes apuraram que João Escórcio era filho segundo da Casa Drummond de Stobhall (Escócia), cuja varonia e primogenitura oriundas de Walter Drummond se conservaram até 1878, quando então morreu o sexto Conde Perth (ultimo representante dessa linha). Os descendentes dessa Casa na Madeira, Açores e Brasil pretenderam se habilitar à herança da família, o que não conseguiram por falta de documentação comprovadamente autêntica. No entanto, o livro GENEALOGY OF THE MOST NOBLE AND ANCIENT HOUSE OF DRUMOND (Edimburgo-1831), publicou correspondências (1519, 1604, 1634) entre os membros descendentes de João Escórcio e da família Drummond de Stobhall, algumas em latim. O Arquivo Histórico da Madeira traduziu-as e publicou-as no seu volume III. Nessas cartas, aos parentes portugueses, os escoceses confirmam que um filho segundo do Lorde Drummond (irmão da rainha Arabela da Escócia) fora em 1420 para a França, atrás de glórias e honras e que dele nunca mais tiveram notícias. Como por essa época aportou na Ilha da Madeira um João Escórcio (apelido tirado da Escócia) que deixou na sua descendência o apelido Drummond, supõem-se ser o tal, filho da Casa Drummond de Stobhall.

 

 Maria Eduarda Fagundes

 

Uberaba, 25 de Novembro de 2012

 

Fonte dos dados e referência:

ARMORIAL LUSITANO (Editorial Enciclopédia Lda., 1961, pág. 192)

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2004
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D