Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

NACIONALISTAS E NACIONALISMOS

  

  Julius Popper nasceu em Bucareste no ano de 1857 e após muita perambulação chegou a Buenos Aires em 1885. Mais umas tentativas de frustrada fixação e ei-lo a chegar à Terra do Fogo onde obtém uma concessão para exploração de ouro.

 

Culto e exuberante, cedo houve quem o considerasse megalómano estando ainda hoje por confirmar as quantidades de ouro que a sua
empresa mineira terá efectivamente extraído.

 

O que de mais concreto dele se sabe é que entrou em conflito com todos aqueles a quem cumpriu o exercício da Autoridade na Terra do
Fogo e, mais concretamente, com os Governadores sedeados em Ushuaia.

 

Até que certa vez, numa das muitas disputas em que foi protagonista, um argentino lhe atirou à cara a sua condição de estrangeiro
apenas naturalizado. A resposta de Popper não se fez esperar muito pois logo referiu por escrito um diálogo que anos antes se desenrolara no Congresso americano:

 

  • Travados de razões, um congressista rematou com a tirada nacionalista: - É assim porque eu quero e porque eu sou nascido nos EUA enquanto Você (o outro congressista) é um estrangeiro apenas naturalizado. O nacionalismo do segundo congressista (o naturalizado) revelou-se de imediato na réplica – Eu sou americano de livre vontade e o Senhor foi forçado a sê-lo; eu cheguei aos EUA convenientemente vestido e transportando alguns bens mas o Senhor chegou cá completamente nu e começou a sua vida de gatas e a chuchar.

 

Lisboa, Abril de 2012

 

 Henrique Salles da Fonseca

 

Nota: para saber mais sobre Julius Popper, v. http://en.wikipedia.org/wiki/Julius_Popper

 

BIBLIOGRAFIA: Canclini, Arnoldo - «Sailors, convicts & pioneers in Tierra del Fuego», pág. 121, Ediciones Monte Olívia, Ushuaia, Argentina

5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2004
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D