Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

“QUEM NÃO QUER SER LOBO NÃO LHE VESTE A PELE”

(*)

AGÊNCIAS DE RATING

 

 

Encontro-me entre os que desconfiam das boas práticas das Agências Americanas e não só. Para mim é claro que a Bolsa de Chicago, local onde são fixados os preços dos cereais e das oleaginosas que todo o Mundo vai consumir e pagar é manipulada por “Fundos” de especulação Americanos e pela própria FDA, defendendo, obviamente os interesses e a estratégia do Governo dos USA.

 

Mas, diz o adágio popular “quem não quer ser lobo não lhe veste a pele”. Será que a EU e o BCE andam vestidos de “pele de lobo” e estão mesmo a jeito para “levar um tiro” do caçador?

 

escrevi sobre os Estatutos do BCE e sobre o que é hoje a sua limitada acção “manter o valor aquisitivo da moeda, o Euro, e via taxas de juro, reduzir ou aumentar a massa monetária e controlar a inflação na Zona Euro”.

 

Também já escrevi sobre a política de “espaço aberto” da EU, que transformou o espaço Europeu num mercado paradisíaco para os produtores e exportadores de qualquer parte do Mundo. Seja da China, da Malásia, da Indonésia, da Índia, da Argentina e até das Zonas Livres instaladas em Marrocos ou noutro qualquer País.

 

O BCE aumenta a taxa de juro sem se importar com os efeitos devastadores que essa atitude vai ter na economia de Países como Portugal, Espanha ou Grécia. Para o BCE o que interessa é controlar a inflação, ainda que essa inflação seja consequência dos preços dos cereais, das oleaginosas e do petróleo, manipulados nas Bolsas de Chicago e N.Y.. Não vai baixar inflação nenhuma mas vai ter
consequências nefastas na nossa economia. Isso não lhes interessa, querem lá eles saber!!!

 

A UE faz (in)convenientes acordos com Países Terceiros, parece que muito preocupada com as economias desses Países. Trama a economia de Portugal, da Espanha e da Grécia, mas querem lá eles saber disso, se da Zona Livre de Tânger (Marrocos) vêm cablagens mais baratas para a indústria automóvel alemã.

 

Isto sempre se resolveu com umas obras públicas nos Países periféricos, que, além do mais permitem encapotar subsídios à produção de equipamentos sob a forma de ajuda ao País de destino. Todos sabem que tais obras não vão ter qualquer impacto no desenvolvimento económico futuro desses Países, mas ao mesmo tempo que os “amarra” a dívidas impagáveis, permite que os fabricantes de maquinaria franceses e alemães vendam mais uns equipamentos (é o caso do famoso e famigerado TGV).

 

A UE e o seu BCE não têm nenhum programa de desenvolvimento económico para Portugal. Tal programa não interessaria à Alemanha ou à França. As Agências de Rating sabem disso, e vêem “empurrar com a barriga” a dívida Portuguesa, que nos próximos três anos, pela simples soma dos deficits orçamentais aprovados vai aumentar cerca de 20.000 milhões de euros (cerca de 12,5% do PIB), e nada de Planos para o crescimento da economia. O que é que têm de concluir? Lembro que são apenas Agências de Rating, não Santas Casas da Misericórdia.

 

Caros Leitores, o cartão amarelo ou vermelho da Mooddy´s, que não é inocente, tem, infelizmente impacto directo em Portugal, mas ele é realmente mostrado às duas instituições UE e BCE, que ou se reformam urgentemente ou acabam com o projecto Euro e até com o projecto Europa.

 

Lisboa, 8 de Julho de 2011-07-08

 

João A. J. Rodrigues

Empresário, Gestor e Livre-pensador em Economia

 

(*)http://www.google.pt/imgres?q=pele%2Bde%2Blobo&um=1&hl=pt-PT&tbm=isch&tbnid=D2Sj7J-6JJQWpM:&imgrefurl=http://freakshow.blogtv.uol.com.br/2009/10/18/designer-do-cazaquistao-cria-um-chapeu-que-e-a-cabeca-de-um-lobo&docid=7y514Nc79Ny4KM&w=392&h=574&ei=PacqTp2FMcmy8gPV9PyNDA&zoom=1&iact=hc&vpx=329&vpy=47&dur=1582&hovh=272&hovw=185&tx=111&ty=150&page=1&tbnh=128&tbnw=105&start=0&ndsp=19&ved=1t:429,r:1,s:0&biw=1140&bih=562

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D