Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

ALENTEJANANDO – 3

 

Felizmente, estou sempre a deparar com oportunidades para aprender.

 

Íamos nós, a minha mulher e eu, a passear a pé por Vila Viçosa quando numa placa toponímica li qualquer coisa como

 

Rua Florbela Espanca

(poetisa calipolense)

 

 (*)

 

Mais à frente, o Clube Columbófilo Calipolense e como não me era dado saber que Florbela se dedicasse à columbofilia, comecei a imaginar outras coisas… Foi só chegar à Internet e passar a ter a certeza do que já me ia parecendo: calipolense é o natural de Vila Viçosa e tem tudo a ver com Calipolis, o nome romano do povoado que ali existia.

 

Continuando a passeata em busca de um restaurante cujo nome a minha mulher levava no «programa das festas», a Taverna dos Conjurados, vi pelas costas um monumento que me intrigou pela forma compacta do busto: era Públia Hortênsia de Castro. Creio que, tanto na base como no fuste, não lhe chamam o tal palavrão que por gozo já me apetecia associar à columbofilia mas fiquei pasmado com a história dessa fantástica mulher que tanto terá penado pelo facto de ter nascido fora de tempo.

 

 (**)

 

Não contente com o que já estudara, esperava-me a novidade de que o pintor Henrique Pousão, afinal, também era calipolense. E, para além de um busto em bronze sobre mármore na alameda principal da terra, tem também placa indicativa da casa onde nasceu.

 

 (***)

 

Caramba! É tudo gente do mais ilustre que se pode imaginar na cultura portuguesa…

 

SUGESÃO DE LEITURAS:

Sobre Florbela Espanca – http://pt.wikipedia.org/wiki/Florbela_Espanca

Sobre Públia Hortência de Castro – http://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3%BAblia_Hort%C3%AAnsia_de_Castro

Sobre Henrique Pousão – http://pt.wikipedia.org/wiki/Henrique_Pous%C3%A3o

 

Mas se estes foram os temas por que eu não esperava, foi chegando ao Terreiro do Paço que me lembrei duma história que me foi contada pelo protagonista, avô de uns amigos meus, que tinha sido amigo pessoal do rei D. Carlos.

 

Numa corrida às lebres nos arredores de Elvas, o Dr. Ruy d’Andrade [1] ouvira dizer que se estava a preparar o regicídio para daí a dois dias quando o rei chegasse a Lisboa. Sem perda de tempo, esporeou o cavalo até Vila Viçosa para avisar o rei antes que tomasse o comboio para o Barreiro e, daí, o barco para Lisboa. Chegou a tempo de encontrar o rei nas lides de um lavrador em final do dia. Informou D. Carlos do que acabara de ouvir e pediu-lhe que não viajasse para a capital. O rei pôs-lhe uma mão no ombro e disse: - Oh Ruy! Já viste que lindo dia está hoje?

 

Cortada a conversa, ao Dr. Ruy d’Andrade mais nada restava fazer do que se calar. Não esporeou o seu cavalo no regresso a Vila Fernando. Não estranhou a notícia do regicídio que recebeu daí a dois dias mas ficou para sempre com a dúvida sobre se o rei saberia do que lhe estava a ser preparado. Aliás, dias antes, ao assinar um Decreto, o rei dissera a João Franco que estava a assinar a sua própria sentença de morte…

 

Disto, sim, lembrei-me enquanto passeava a pé pelo Terreiro do Paço de Vila Viçosa pisando as mesmas pedras sobre que se fizera História. E pisei-as tão suavemente quanto pude, por uma questão de respeito.

 

Março de 2011

 

Henrique Salles da Fonseca

 

[1] Último Presidente da Câmara Municipal de Elvas no regime monárquico

 

(*)http://img.listal.com/image/349547/600full-florbela-espanca.jpg

 

(**) http://www.google.pt/imgres?imgurl=http://guiaturistico.cm-vilavicosa.pt/personalidades/personalidade04.png&imgrefurl=http://guiaturistico.cm-vilavicosa.pt/personalidades/personalidade4.html&usg=__1GVcJj0PTngNzcgvz9MSennwDuE=&h=268&w=350&sz=163&hl=pt-pt&start=23&zoom=1&tbnid=QlzSZ3XY9ngSmM:&tbnh=164&tbnw=212&ei=DKWNTfPnAqeJ4gber-yyCw&prev=/search%3Fq%3DP%25C3%25BAblia%252BHort%25C3%25AAnsia%252Bde%252BCastro%26um%3D1%26hl%3Dpt-pt%26sa%3DN%26biw%3D1007%26bih%3D681%26tbm%3Disch&um=1&itbs=1&iact=rc&oei=BqWNTdruAsyBswauvN2MCg&page=2&ndsp=12&ved=1t:429,r:9,s:23&tx=112&ty=81

 

(***) http://www.google.pt/imgres?imgurl=http://cultured.com/images/image_files/1815_henrique_pousao.jpg&imgrefurl=http://cultured.com/people/Henrique_Pousao/&usg=__VfrTjQ5AWKjVHXCS9MgYH969BQs=&h=243&w=200&sz=13&hl=pt-pt&start=0&zoom=1&tbnid=LN5Wxozrm-VsFM:&tbnh=150&tbnw=119&ei=SKWNTajmF4jQtAa9lMz8CQ&prev=/images%3Fq%3DHenrique%252BPous%25C3%25A3o%26um%3D1%26hl%3Dpt-pt%26sa%3DG%26biw%3D1007%26bih%3D681%26tbm%3Disch&um=1&itbs=1&iact=rc&dur=546&oei=SKWNTajmF4jQtAa9lMz8CQ&page=1&ndsp=16&ved=1t:429,r:9,s:0&tx=63&ty=61

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D