Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

AFINAL, SÃO FILÓSOFOS…

 

 

Francis Herbert Bradley (1846 – 1924) foi um filósofo idealista de Oxford que se empenhou a combater a filosofia utilitarista de John Stuart Mill.

 

Para o idealista, o utilitarismo baseava-se num sofisma que ele sinteticamente definiu e demoliu como segue:

 

O indivíduo vem à existência completamente equipado com necessidades, desejos e apetites; encontra o mundo como se este fosse um objecto neutro e independente do qual há que arrancar as satisfações pelas quais já suspira. A satisfação da comunidade é apenas a soma total das satisfações dos indivíduos, ao passo que a satisfação do indivíduo consiste na satisfação da soma dos seus desejos.

No entanto, toda esta filosofia se funda no erro de supor que o indivíduo existe antes dos dispositivos e constrangimentos sociais que tornam a sua actividade possível. [e punível, digo eu]

 

E julgávamos nós que estes vorazes que nos rodeiam se limitavam a ser gatunos quando, afinal, são filósofos…

 

Lisboa, Janeiro de 2011

 

Henrique Salles da Fonseca

 

BIBLIOGRAFIA: Scruton, Roger – BREVE HISTÓRIA DA FILOSOFIA MODERNA, pág. 303 e seg. – Guerra e Paz, Editores, SA, 1ª edição (Junho 2010)

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2004
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D