Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

Quem manda aqui? Para onde vamos?

  

Frau NEIN! weil schlimmer ist besser

(A Senhora NÃO! porque quanto pior, melhor)

 

Em 10 do corrente, a Chanceler Ângela Merkel respondia à proposta do Presidente do Eurogrupo para a criação dos Eurobonds com um Nein! Terminante. Este Nein teve efeitos imediatos a seguir documentados

 

Resposta dos potenciais compradores de dívida soberana espanhola : NEIN

 

 Gráfico 1-LESO

 

Resposta dos potenciais compradores de dívida soberana italiana: NEIN.

 Gráfico 2 - LESO

 

 

Resposta dos potenciais compradores de dívida soberana belga: NEIN.

 

 Gráfico 3 - LESO

 

Fonte: Financial Times

 

O advogado Rumpole, genial criação de John Mortimer, ao referir-se à sua mulher reservava-lhe o tratamento de "Aquela que deve ser obedecida" (She who must be obeyed). Obviamente, há diferenças entre a Mrs Rampole e a Frau Merkel, diferenças que vêm de muito de trás com largos séculos de história. Mrs Rampole merecia o tratamento que lhe davam; será esse o caso da Frau Merkel?

 

De imediato, precisávamos saber o que pretende a Chanceler alemã. À luz das atitudes que tem adoptado em relação à crise do Euro, podermos ser levados a recear que a Senhora tenha em mente converter a crise em apocalipse. Porém, nem toda a gente pensa assim. Dizia-me há dias um banqueiro com larga experiência internacional que o propósito de Frau Merkel não é exactamente desfazer o Euro e reduzir a cacos o sistema europeu, mas tão somente impor ao Estados integrados uma determinada disciplina fiscal e orçamental, a sua.

 

Se é assim, porque espalha então ventos arriscando-se a colher tempestades? Para já conseguiu dividir os PIGS. Isto é contrário à estabilidade futura da ordem se bem que lhe possa facilitar o mando imediato. A função construtiva do líder consiste em unir mediante equilíbrios e sínteses e nunca multiplicar e agravar divisões.

 

O meu interlocutor tinha explicação: -" Sendo alemã - e do Norte - e destituída de génio, não pode agir de outro modo. Ela não terá qualquer projecto para o futuro. O problema dela é exactamente esse: - procura identificar-se com a cultura e sentimento popular locais porque não tem estofo para conceber e introduzir inovações. Não sendo capaz de construir o futuro - a Europa - vira-se para o passado e abraça firmemente o prosaico prussianismo civil. Ela pensa que assim retém a confiança da sua gente. E porque não consegue ver mais nada, não duvida uma só vez de que o que é bom para Berlim o será também para a Europa e para o mundo.

 

Com tal, a Europa que se cuide; que se lembre da profecia do Presidente John Kennedy : "Ich bin ein Berliner!"

 

(Voltaremos ao assunto)

 

Estoril, 19 de Dezembro de 2010

 

Luís Soares de Oliveira.bmp Luís Soares de Oliveira

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2004
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D