Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

PROCURANDO UMA LINHA DE RUMO – 2

50 MEDIDAS PARA RESPONDER A 50 PROBLEMAS

 

FINANÇAS

 

PROBLEMA: Na gestação da maior parte das medidas legislativas, além do debate sobre a respectiva oportunidade, sobre alternativas, e sobre propostas comparativas não existe um estudo do seu impacto financeiro nem uma previsão dos custos que acarreta. Exemplo. Sistema de Avaliação de Professores. Alguém perguntou quanto custaria, quantos custos/hora, etc?

 

8. Imposição constitucional da obrigatoriedade das leis, decretos-lei e decretos regulamentares serem acompanhados de um relatório sobre os efeitos desejados e os efeitos orçamentais dessas leis; a mera ausência desse relatório será fundamento de nulidade da norma, por vício de forma.

 

PROBLEMA: O vício do centralismo e ausência de cultura prospectiva, apenas providencia auditorias post hoc da actividade legiferante sem que se avalie previamente o respectivo impacto financeiro.

 

9. Criação de uma secção do Tribunal de Contas com a incumbência de avaliar o custo anual da actividade legiferante do governo, autarquias e outros órgãos reguladores

 

PROBLEMA: Empolamento de instância de decisão na Administração provoca duplicação de procedimentos, dando azo a enviesamentos, morosidade e oportunidades de corrupção.

 

10. Consagração do princípio da supletividade da Administração Central para todas as matérias relacionadas com licenciamentos qualquer que seja a respectiva natureza.

 

11. Consagração do princípio geral de nulidade de todos os actos de licenciamento que não tenham por base um documento legal que conceda poderes para tanto

 

PROBLEMA: A situação actual do regime de “deduções fiscais” cria problemas de justiça e de eficácia. As deduções fiscais apresentam actualmente cerca de 80 variantes, número comparável ao dos EUA, mas com um volume por título centenas de vezes inferior, o que complica de modo desnecessário; o confisco cria problemas de morosidade de arrecadação

 

12. Simplificação do sistema tributário, eliminando os incentivos fiscais e moderando as taxas.

 

PROBLEMA: O sistema actual é pouco transparente e dos cerca de 11 mil funcionários das Finanças cerca de 2500 estão ocupados nisso.

 

13. Simplificação do sistema de declaração dos rendimentos

 

PROBLEMA: Os PEC – pagamentos especiais por conta – com acerto final no fim de ano diminuem a transparência e eficácia, contrastando negativamente com o sistema de ajuste directo fixo

 

14. Consagração e implementação de um sistema forfitário de pagamentos por parte das empresas

 

PROBLEMA: A pluralidade de fases de regime de licenciamento de obras e de construção de imóveis, desde o provisório ao definitivo, provocado pelo “regime suplicativo” de licenciamento provoca morosidade e bloqueios de vária ordem

 

15. Consagração do princípio declarativo pelo interessado, consagração de moldura penal mais dura para o crime de falsas declarações.

 

PROBLEMA: Complexidade e morosidade dos procedimentos para declaração de projecto de licenciamentos

 

16. Simplificação do regime de procedimentos administrativos para licenciamentos

 

PROBLEMA: Falta de eficácia de procedimentos administrativos

 

17. Consagração do princípio geral da duração legal imperativa do procedimento administrativo, por exemplo um ano; este sistema consagraria um prazo máximo para a decorrência de um procedimento administrativo

 

18. Eliminação de toda a legislação que consagra o princípio da autorização prévia.

 

(CONTINUA)

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D