Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

ISTAMBUL – 1

 

 
A partir da parte «italiana«, vista da parte velha; o Mar de Mármara em último plano
 
Calcula-se que Istambul tenha actualmente cerca de 15 milhões de residentes. Correspondendo a um conjunto de vários municípios, estende-se por uma área que demora cerca de 3 horas a atravessar se não se for apanhado por algum engarrafamento.
 
Tudo isto são banalidades para qualquer grande urbe mas no que Istambul se distingue das demais é no facto de se dividir entre dois continentes. Sim, Istambul tem um pé na Europa e outro na Ásia pelo que não prescinde de exibir um certo exotismo que fascina qualquer forasteiro: todo o visitante europeu quer dar um salto ao “lado de lá”; todo o asiático que a visita não sossega enquanto não vem ao lado europeu da cidade.
 
 
O Mar de Mármara liga-se a sudoeste ao Mar Egeu pelo Estreito de Dardanelos e a norte ao Mar Negro pelo Bósforo 
 
Assente na margem norte do Mar de Mármara, estende-se ao longo das duas margens do Bósforo e não falta muito para que do seu extremo norte europeu se alcance o Mar Negro; a parte asiática estende-se sobretudo para leste e tem a sua origem em Calcedónia, colónia grega.
 
De um modo geral, a cidade actual divide-se em três partes sendo duas europeias e uma asiática. As duas partes do lado poente são separadas por um braço (beco sem saída) do Bósforo chamado Corno de Oiro sendo a do sul a parte imperial (a antiga) e a outra a «italiana» (a nova). O lado asiático é fundamentalmente residencial e todos os dias há cerca de 2 milhões de pessoas que atravessam o Bósforo para virem trabalhar ao lado europeu. Dá para imaginar o volume de tráfego nas três pontes que seriam completamente insuficientes se não houvesse muitos ferries entre as duas margens.
 
Tudo começou na parte antiga, a imperial, quando em 667 a.C. um grupo de gregos de Megara, chefiado por Bizas, ali se instalou.É do nome deste chefe que deriva o nome Bizâncio.
 
Em 196 d.C. a cidade foi sitiada pelos romanos e em 330, sob a liderança de Constantino I, transformou-se no centro do Império Bizantino, ou seja, a metade oriental do Império Romano que falava grego. Foi depois da morte deste Imperador que a cidade se passou a chamar Constantinopla, a cidade de Constantino.
 
Assim se chamou até 1453 quando os otomanos a conquistaram e lhe passaram a chamar Istambul, nome turco de origem grega que simplesmente significa "na cidade", "à cidade" ou "centro da cidade". Até hoje…
 
(continua)
 
Lisboa, Janeiro de 2010
 
Henrique Salles da Fonseca

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2004
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D