Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

CRÓNICA DO BRASIL

 

DUAS HISTÓRIAS (MUITO) MAL CONTADAS

 

 
Sempre devemos desconfiar do que nos contam, mas quando é o Diabo que nos conta... onde há fumo há fogo. E que fogaréu!
1. – Um delegado da Polícia Federal, de curioso nome Protogenes fez uma curiosa investigação sobre um dos milionários cá do pedaço, um tal de Daniel Dantas. O delegado, que se está agora a ver, anda doidinho para entrar na política, decidiu investigar a fundo a questão, dando à operação o codinome de «Satiagrá», palavra de origem indiana que os portugueses conheceram bem quando perderam as colónias na Índia!
Fez umas centenas ou milhares de grampos telefónicos, com e sem autorização judicial, e chegou a grampear até o seu chefe! Investigação é investigação.
Apresentado o relatório, logo um juiz deu voz de prisão ao Dantas. Não tardou vinte e quatro horas e este obtinha um habeas corpus do Supremo. O juiz não gostou, reclamou, e mandou o Danielzinho de volta ao xadrez, e o Supremo, idem, idem, tirou-o da cela. Discussão entre juiz e ministro do supremo, teatro mediático, quem acaba por ser suspenso de suas funções é o Proto delegado.
E aqui é que a história está a ficar envolta em fog londrino, quando nada se vê, porquanto se o delegado abusou de suas atribuições, o que merecia punição, foi cutucar em ninho de marimbondo, daqueles ferozes que mordem antes e nem perguntam se doeu.
Corre pela Internet, com documentação anexada, que o famigerado Dantas é o sócio do lulinha, o filho querido do big kxk, que enriqueceu da noite para o dia: foi de limpador de chimpanzés no zoológico, a fazendeiro, criador de gado de pedigree, latifundiário com várias propriedades espalhadas pelo país, daquelas grandes onde o MST não vai (!!!), e com fortuna avaliada já em muitos milhões de qualquer moeda.
Ora, investigar o banqueiro Dantas e ver onde ele colocou tanto dinheiro surripiado – o trivial na política brasileira – pressupõe investigar o minino do big líder, e isso é que é chato!
Ao ser sabatinado numa CPI, quando lhe perguntaram se também tinha investigado o lulinha e sua mamãe condecorada pela Força Aérea Brasileira e pelo presidente de Portugal – por seus grandes feitos históricos em serviço de... de quê mesmo? - o Proto, prontamente negou: «Não, isso eu não fiz!»
Impossível não ter feito, porque grande parte do dinheiro desviado pelo tal Dantas muito possivelmente foi para os bolsinhos, aliás, bolsões do lulinha e...
Mas ninguém precisa se preocupar com isso. O fog não desaparece e como ainda sobrou dinheiro para uma pizza... no final viram todos muy amigos.
Viva a ética e a justiça!
2.- Ontem, sexa big kxk (não esqueçam que se deve ler caxique) decidiu demitir o presidente do Banco do Brasil porque praticava juros altos! Maravilha das maravilhas.
Deu-lhe o fora e colocou no seu lugar... outro camarilha que, vejam só a coincidência, é o candidato da extrema esquerda a presidente do PT, recomendado, como é evidente, pelo chefe do gabinete do big, uma das grandes eminências pardas que comandam o desmonte deste país, enquanto o cara se esbalda, mundo fora, em ditos graciosos, inúteis e chulos! Se eu acertasse na lotaria como estes casos se acertam...
Continuando. O cara quer juros baixos para todo o mundo, berra que o Banco do Brasil não precisa ter lucros porque é um banco do Estado, e com essa determinação as acções despencaram porque esqueceram que tem um elevado percentual do seu capital em mãos de accionistas particulares que assim vêm, para além da crise, o seu património ser comido.
É evidente que esta é uma medida eleitoreira e bolchevique. Mas o mais engraçado, e triste, desta história é que parece que o cara mandou seguir o caminho dos Lehman Brothers da vida, enchendo a carteira de créditos podres, e o povo que... sifu!
Mas não há problema nenhum. O Zé pagará os prejuízos já que a impressora de moeda está lá bem à mão. E como já se começou a discutir a hipótese de desenhar notas novas de Real, um internético deu a sua opinião Só falta agora criar uma nota com a cara do Lula; vai ser uma nota com um 0 à esquerda.
Esperemos para ver melhor logo que os problemas aflorem mais, se é que vão chegar ao conhecimento público.
 
Rio de Janeiro, 9 de Abril de 2009
 Francisco Gomes de Amorim

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D