Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

CRÓNICA DO BRASIL

 

Bolivarianos e barbeiragens
 
No ano passado o primário evo morales, o Bolívar da Bolívia, decidiu nacionalizar os investimentos brasileiros em seu (seu?) país, defraudando o Brasil em muitos milhões de dólares e ainda impondo um aumento violento do preço do gás, que abastecia quase 80% das nossas necessidades, com 30 milhões de m3 por dia.
O nosso grande (des)governo acovardou-se, baixou as orelhas, o kxk vomitou um pronunciamento anti nacional (pelo que deveria ter sido preso!) dizendo que os coitadinhos dos irmãos bolivianos deviam olhar pelos seus interesses, e deixou tudo “por isso mesmo”. Perderam-se os investimentos, negociou-se um novo preço para o gás e... o povo brasileiro paga! Como sempre.
VII Colóquio Internacional
Estes ano choveu muito. Todas as barragens estão cheias o que permite reduzir o consumo de gás nas industrias, trocando-o por energia elétrica, e anunciou-se ao amigo e camarada morales bolivariano que em vez de 30 só queríamos agora 19 milhões de m3/dia. O camarada ficou p. da vida, reclamou, xingou, chamou pela mãe (coitada da senhora), que assim o país perdia uma verba que lhe fazia muita falta, etc., etc. O nosso kxk lá se condoeu mais uma vez do camarada e em vez de 19 comprometeu-se a comprar 21, mas – haja Deus – foi avisando que não tarda (aliás tarda muito!) o Brasil será auto suficiente em gás, o que deve ter deixado o moralito apavorado sem saber onde vai enfiar aquele gás todo. (Acho que eu teria uma sugestão a dar-lhe nesse sentido!!!)
Entrementes os big kxks destas bandas reuniram-se junto à fronteira do Brasil, para discutir, uma vez mais aquilo que não vai nunca realizar-se: uma espécie de União Européia na América do Sul.
Declaração final do nosso super big kxk a propósito do desespero do outro kxk bolivari-venezuelano em conseguir aprovar no circo do seu congresso uma alteração constitucional que lhe permita ficar ad aeternum a comandar aquele país semi-falido apesar de ser um dos grandes produtores de petróleo: “Acho muito bem que o chavez se perpetue no poder, se for vontade do povo. O Uribe (que anda a tramar algo na mesma direção!) é que não, porque isso de ficar no poder o tempo que se queira é prerrogativa de governos de esquerda!”
Maravilha! Já tenho muitos anos, vi muita coisa, o Stalin e o Mao abocanharem o poder, e lá ficarem o quanto quiseram, mas declarações de tal modo, como direi, insensatas, para não dizer pior, desconhecia.
Isto é na chamada esquerda, porque a direita, lhe é semelhante. O presidente Sarkozy concedeu empréstimos bilionários para salvar os bancos que os seus administradores levaram à falência. Pois não é que os mesmos administradores querem empochar alguns milhões que lhes estariam prometidos por contrato para gerirem, e não por falirem, os mesmos bancos!
Sugestão ao Presidente da França: mande esses ladrões de presente ao chavez! Livre-se dessa corja de malandros e ineptos. Se não o fossem não teriam entrado em negociatas excusas e ruinosas, e ainda querem gratificação por isso!
Na verdade, até ao dia em que fecharmos os olhos, estamos a aprender, e a confirmar que a espécie humana está condenada à auto destruição!
 
Rio de Janeiro, 19 de Janeiro de 2009

 

 Francisco Gomes de Amorim

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2004
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D