Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

PASSE DE MAGIA – 14

 

 
MEDIDAS DE POLÍTICA PROPOSTAS PELO
PROF. DOUTOR EDUARDO MIRANDA
 
 
 
Por mais que se tentem encontrar justificativas para os males de hoje, a nível global, que afligem muitos dentro de cada espaço fronteiriço, temos de as procurar no que está mais subjacente.
 
Este sistema político dito democrático [Democracia - Sistema político que permite aos cidadãos participar nas decisões políticas ou (o sublinhado é meu) eleger representantes nos órgãos governamentais (Anthony Giddens – ‘Sociologia’, pág. 877>], a que todos se agarram, está obsoleto e à pala dele tudo serve. Vejamos os critérios para se pertencer a este clube:  as eleições. Depois é variável. Os subsistemas vão de razoáveis, maus, muito maus e péssimos. Por isso é que cada país apresenta um primeiro mundo, um segundo mundo, um terceiro mundo,  etc.
 
Em alguns casos no último destes estão aqueles que morrem de fome não obstante a riqueza do país. Penso que revivemos uma época semelhante à época Feudal em que os Senhores constroem, a seu belo prazer, os seus primeiros mundos. Os Servos, esses, apertam cada vez mais o cinto. Nesta situação, fala-se em progresso, desenvolvimento, justiça social, maior bem estar, maior participação, maior transparência, etc. Tudo isto não passa de demagogia e de  psico-social em que cada vez menos se acredita "Uma ideologia pode ser definida como um sistema de ideias amplamente partilhadas, crenças padronizadas, normas e valores orientadores e ideais aceites como verdade por um determinado grupo de pessoas... Ao fazê-lo, ajudam a organizar a tremenda complexidade da experiência humana em imagens razoavelmente simples mas frequentemente distorcidas, que servem de guia e bússola norteadora da acção política." (Manfred B. Steger, ‘A Globalização’, pág. 95.).
 
Eduardo Miranda     
 
 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D