Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A bem da Nação

A IGNORÂNCIA É A FONTE DE TODOS OS MALES

Esses grandes males que os homens se infligem uns aos outros... todos têm origem na ignorância, isto é, na falta de conhecimento.(Isto escreveu o sr. Moses ben Maimon, nascido em Córdova em 1135)

É isso aí... o PIB ! Não dá para esconder. Os números da economia do país apareceram para confirmar a bagunça em que tudo isto anda.

O PIB cresceu somente 2,3%, a renda per capita 0,8%, enquanto os impostos cresceram 30% nos três anos do desgoverno PT. O que cresce não é o PIB mas os impostos, e com eles a miséria e a dívida interna que atinge 53% do PIB, i. é, R$ 1 trilhão!!!

Outro número que evidencia o descalabro é o valor da arrecadação tributária, igual a 37,82% do PIB, que per capita passou de R$ 2.739 em 2002 para R$ 3.987. Isto significa, de acordo com o IBPT - Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário - que são necessários 4 meses e 25 dias de trabalho para o brasileiro pagar os impostos e só “ganhará” dinheiro para comer, viver, etc. depois de 25 de Maio de cada ano.

Ora se o PIB cresceu R$ 100 bilhões, e se só de impostos aqui estão embutidos quase R$ 50, de fato, a economia cresceu.... será que cresceu?

Com o ensino público em estado caótico, os hospitais com os equipamentos obsoletos ou avariados ou falta de medicamentos, com a polícia incapaz de deter o avanço da banditagem, os políticos a mancumunarem-se com a res publica com voracidade inusitada e o presidente da República a perder todos os dias os principais colaboradores e amigos de peito por acusações de corrupção (de que jamais ele tomou conhecimento, é claro) o panorama não é agradável.

Em compensação, para agradar à oligarquia, coisa que qualquer PT da vida aprende rápidamente (que é da teta da vaca que se tira leite e não dos cornos), a manutenção da mais alta taxa de juros do mundo permitiu que o Brasil enviasse para fora do país mais de R$ 70 bilhões de dividendos, ficando com um saldo negativo de R$ 62 bilhões.

Agora, com uma dívida interna superior a R$ 1 trilhão, e uma arrecadação, com todo este desenfreado aumento, de R$ 732 bilhões, está na cara que JAMAIS essa dívida será liquidada e que JAMAIS vai haver dinheiro para investimentos em infra estruturas.

As estradas deterioram-se, as favelas, crescem e com elas o sub mundo, a droga e o banditismo; a educação, saúde e justiça... que esperem!

Como dizia Karl Marx, o mundo não é regido por idéias, mas por leis econômicas.

E olhem que disso o PT sabe bem! Coletiva e individualmente, tem-se revelado especialista em manobrar a economia dos mensalões!

 

Rio de Janeiro, 2 de Abril de 2006

 

Francisco Gomes de Amorim

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2004
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D